[Julio Cesar Lemes de Castro; J. C. L. Castro; Castro, Julio Cesar Lemes de; Castro, J. C. L.]

[Publicações]

CASTRO, J. C. L. Antecedentes do homo œconomicus neoliberal. In: CORREIA, Adriano; NASCIMENTO, Daniel; MÜLLER, Maria Cristina (orgs.). Filosofia política contemporânea. São Paulo (SP), ANPOF, p. 92-109, 2017.

Resumo: A proposta deste trabalho é rastrear as origens do homo œconomicus neoliberal, entendido como o sujeito de empreendimento, que se dedica a investir em seu próprio capital humano. Pretende-se mostrar não apenas os débitos do neoliberalismo com seus antecedentes teóricos, mas também o que ele traz de novidade. Por um lado, o sujeito de empreendimento do neoliberalismo é produto de uma construção progressiva, congregando vários elementos de etapas precedentes: como o sujeito de interesse do liberalismo clássico, está voltado para si; como o sujeito de cálculo do utilitarismo, mensura permanentemente suas atividades e seus atributos; como o sujeito de valor do marginalismo, é medida de valor através de suas escolhas e embute valor através de seu capital humano. Por outro lado, esse processo envolve uma certa ruptura: após a inflexão marginalista, a preocupação moral do liberalismo clássico e do utilitarismo em conciliar o bem individual com o coletivo é revertida sob o neoliberalismo, que descarta qualquer orientação deliberada em favor do bem coletivo.

Palavras-chave: homo œconomicus, sujeito, liberalismo, utilitarismo, marginalismo, neoliberalismo.

Voltar à página de publicações

[Home] [Apresentação] [Formação] [Publicações] [Participação em eventos] [Links] [Links]