[Julio Cesar Lemes de Castro; J. C. L. Castro; Castro, Julio Cesar Lemes de; Castro, J. C. L.]

[Publicações]

CASTRO, J. C. L. Comunicação como laço social: funções da mídia à luz da teoria lacaniana dos discursos. In: MARCONDES FILHO, C. J. R. (org.). Transporizações: 10 Anos de FiloCom e a Nova Teoria da Comunicação. , São Paulo (SP), ECA-USP, p. 355-368, 2010.

Resumo: Os discursos, para Lacan, são os tipos primaciais de laço social. Partindo de um paralelo entre os termos dos discursos (significante-mestre, bateria de significantes, sujeito dividido e objeto a) e componentes do processo comunicacional (emissor, mensagem/código/canal, receptor e motivação/ruído), este trabalho propõe uma leitura do universo da comunicação fundamentada na teoria lacaniana dos discursos. Em especial, a ideia é relacionar as diferentes espécies de discurso concebidas por Lacan com as funções mais importantes exercidas pela comunicação midiática desde o início da modernidade. Assim, o discurso da universidade é associado ao controle; o discurso da histeria, à sedução; o discurso do senhor, à ideologia; e o discurso do analista, à transformação. E, se os tipos de discursos são ideais, não se apresentando na realidade de forma pura, mas sempre combinada, o mesmo vale para as funções da mídia.

Palavras-chave: comunicação, mídia, discursos, psicanálise, Lacan.

Voltar à página de publicações

[Home] [Apresentação] [Formação] [Publicações] [Participação em eventos] [Links] [Links]